Como maximizar o alcance

O alcance de operação raramente é um problema nos sistemas sem fio da Audio-Technica. Os equipamentos da Audio-Technica são projetados de maneira conservadora e fabricados cuidadosamente, incorporando uma margem de segurança confortável. Em quase todos os casos, o alcance será mais do que adequado, mesmo quando as condições forem menos do que favoráveis. Porém, em aplicações incomuns ou quando a situação for especialmente difícil, um pouco de alcance a mais pode ser importante. Felizmente, há algumas medidas simples e precauções sensatas que podem ser tomadas para maximizar o alcance.


  • Utilize equipamentos melhores. Uma das melhores formas de maximizar o alcance dos sistemas sem fio é comprar equipamentos melhores. Sistemas com preço mais elevado quase sempre têm desempenho superior ao dos sistemas de baixo custo, oferecendo inclusive maior alcance de utilização.

  • Utilize sistemas de diversidade. São necessários receptores de diversidade para se obter alcance máximo. Em aplicações sem fio típicas, os receptores de diversidade oferecem de duas a dez vezes mais alcance que os receptores similares de não-diversidade. Isso porque as perdas de sinal causadas por múltiplos caminhos geralmente tornam um sistema de diversidade inutilizável muito antes que o sinal fique fraco demais para recepção em um sistema de diversidade.

  • Use baterias alcalinas boas. Use somente baterias alcalinas de alta qualidade e de marcas conhecidas. Outros tipos de baterias podem não ter capacidade suficiente para permitir que o transmissor forneça a potência máxima. Em particular, não use baterias recarregáveis, pois elas geralmente têm uma tensão de saída mais baixa, o que reduz a potência do transmissor. Utilize somente baterias novas e sem uso. Se a bateria for usada, não apenas o tempo de operação será mais curto como a potência do transmissor diminuirá pelo menos um pouco, já que a bateria se aproxima do final de sua vida útil.

  • Escolha as freqüências com cuidado. Selecione freqüências livres de interferência. A interferência, quer possa ser ouvida ou não, quase sempre reduz o alcance. Sinais interferentes fortes podem reduzir a sensibilidade do receptor, dificultando a recepção do sinal desejado. Certifique-se de que não haja outras freqüências mais próximas do que a mínima separação de freqüências exigida para o sistema que está sendo utilizado.

  • Não utilize amortecimento excessivo. Se o controle de amortecimento no receptor precisar ser ajustado acima da metade de seu curso para evitar ruído, existe um problema de interferência que precisa ser corrigido. Ajustes elevados do controle de amortecimento podem reduzir muito o alcance, às vezes a um terço do que deveria ser. Dispositivos digitais tais como computadores e processadores de sinais geralmente produzem ruído de RF que interfere nos receptores sem fio ou exige um ajuste alto do amortecimento. Tais dispositivos devem ser instalados o mais longe possível dos receptores sem fio, mas certamente a não menos de 60 cm, se o objetivo for obter alcance máximo.

  • Afaste os transmissores dos receptores. Não permita que outros transmissores sem fio se aproximem das antenas dos receptores. Sinais fortes em freqüências próximas podem sobrecarregar os circuitos de RF do receptor, cortando a sensibilidade e reduzindo o alcance, mesmo quando não ocorrer interferência. Outros dispositivos de RF de alta potência, como equipamentos de rádio bidirecionais, nunca devem ser usados nas proximidades dos receptores sem fio. Um alcance de operação reduzido também deve ser esperado quando houver transmissores de televisão de alta potência na mesma faixa por perto.

  • Utilize antenas remotas. Utilize antenas remotas quando os receptores estiverem montados em estantes. As estruturas de metal da estante bloqueiam parcialmente os sinais de RF, geralmente reduzindo o alcance de forma significativa. Não empilhe receptores uns sobre os outros, nem diretamente lado a lado, a menos que esteja utilizando antenas remotas. Mesmo nesse caso, não é uma boa prática fazer isso, porque o vazamento de RF de um receptor pode afetar o outro. Quando os receptores estão empilhados, as antenas conectadas a eles ficam muito juntas uma da outra e perdem eficiência. Antenas que se tocam não apenas afetam seriamente o alcance como criam alta possibilidade de interferência. Para obter melhores resultados, as antenas conectadas a diferentes receptores devem ficar afastadas pelo menos 45 cm no caso de VHF e 15 cm no caso de UHF.

  • Instale as antenas em lugar alto. Instale as antenas de recepção o mais alto possível, pelo menos 2,5 m acima do chão, tomando o cuidado de não deixá-las muito próximas a lustres, estruturas de metal de tetos suspensos ou outros objetos de metal. Não coloque as antenas de recepção perto de paredes, pois pode haver canos, cabos, vigas metálicas ou pinos de metal em seu interior. Verifique se há um caminho livre e desobstruído para a RF entre as antenas de recepção e o transmissor o tempo todo. Objetos metálicos entre o transmissor e as antenas de recepção, mesmo que ligeiramente deslocados para um dos lados, geralmente reduzem o alcance significativamente.

  • Não enrole o cabo do transmissor. Em transmissores body-pack VHF, não enrole o excesso do cabo do microfone em volta do corpo do transmissor. Isso afeta seriamente o alcance, pois o cabo do microfone é usado como antena e as espiras encurtam efetivamente o sinal de RF. Pelo mesmo motivo, não enrole nem amontoe o cabo do microfone a menos de 45 cm dos transmissores. Em transmissores UHF, mantenha o cabo do microfone bem separado da pequena antena flexível.

  • Posicione o transmissor em lugar alto. Posicione a antena do transmissor body-pack no local mais alto possível do corpo. No caso de transmissores VHF, é possível melhorar o alcance consideravelmente subindo o cabo do microfone pela parte superior das costas, passando pelo ombro e depois continuando para baixo pela parte da frente do corpo. A altura não é tão importante no caso das antenas de transmissores UHF, mas vale a pena posicionar o transmissor em uma parte alta do corpo quando o objetivo for alcance máximo. Entretanto, um transmissor body-pack não deve ser usado em local imediatamente adjacente a marca-passos cardíacos ou dispositivos AICD, já que a energia de RF pode interferir no funcionamento normal desses dispositivos médicos.

  • Realize manutenção no equipamento. Leve em conta a possibilidade de que o equipamento sem fio precisa de manutenção, especialmente se o alcance não for mais o mesmo de antes. Se os equipamentos tiverem mais de um ou dois anos, tiverem sido usados intensamente ou tiverem sido manuseados com pouco cuidado, eles podem precisar de um ajuste para voltar ao desempenho máximo. Os transmissores e receptores sem fio têm ajustes internos que podem ser perturbados por quedas, manuseio displicente e abuso mecânico, causando redução no alcance e outros problemas.

Retornar ao sumário