Diversidade versus não-diversidade

Os sistemas sem fio de diversidade sempre têm desempenho superior ao de sistemas semelhantes de não-diversidade. Entretanto, apesar das vantagens inerentes da operação de diversidade, muitos outros aspectos do projeto dos equipamentos também são importantes. Por esse motivo, não é raro obter resultados mais satisfatórios com um sistema de não-diversidade de alta qualidade do que com sistemas de diversidade mal projetados ou de fabricação barata. Isso é ainda mais provável em regiões em que a interferência seja um problema sério.

Um sistema de diversidade é altamente desejável, porque combate efetivamente o problema mais comum com equipamentos de microfones sem fio: as perdas de sinal causadas por múltiplos caminhos. Os múltiplos caminhos ocorrem quando os sinais de RF chegam a um local por meio de diferentes caminhos de transmissão (geralmente referindo-se a uma combinação de sinais diretos e refletidos). Nessas condições, a saída de áudio do receptor sem fio pode apresentar ruído ou o áudio pode sumir completamente durante um curto período. É mais provável que os múltiplos caminhos ocorram em áreas fechadas com forte presença de objetos de metal, mas podem ser um problema ocasional na maioria das situações.

Os receptores de diversidade são capazes de evitar a perda de sinal causada por múltiplos caminhos porque têm duas antenas e dois canais receptores. Circuitos especiais no receptor escolhem o áudio da antena e do canal do receptor com o melhor sinal. Como a probabilidade de que haja perdas de sinal simultâneas nas duas antenas é extremamente baixa, os receptores de diversidade oferecem imunidade quase completa contra perdas de sinais causadas por múltiplos caminhos.

A operação de diversidade também pode melhorar o alcance útil de operação dos sistemas sem fio. Isso porque, mesmo quando não há perdas completas de sinal, os efeitos dos múltiplos caminhos podem reduzir a quantidade de sinal disponível em distâncias longas. Isso pode fazer com que o receptor perca o áudio rapidamente, bem antes que o transmissor esteja realmente fora de alcance. Com a diversidade, a perda completa de sinal é muito menos provável e o alcance útil de operação do sistema sem fio é ampliado.

É recomendável comprar equipamentos de diversidade, a menos que o orçamento simplesmente não comporte o custo extra. Entretanto, a utilização de equipamentos de não-diversidade não deve ser totalmente descartada. Apesar de suas limitações, os equipamentos de não-diversidade podem oferecer uma operação satisfatória em muitas aplicações menos exigentes, talvez à custa de certa configuração adicional e de certo tempo de verificação inicial.

Retornar ao sumário