Escolha de um sistema sem fio - O que é necessário?

Os microfones sem fio oferecem muitas vantagens. Eles proporcionam um grau de liberdade que não ocorre com os microfones com fio, permitindo concentrar toda a atenção no espetáculo ou na apresentação. Há um incentivo ao movimento natural e expressivo, melhorando o apelo visual e aumentando o impacto. Os microfones sem fio também transmitem uma imagem de elegância e profissionalismo.

Embora os benefícios dos microfones sem fio sejam claros, a escolha de um sistema sem fio pode não parecer uma tarefa fácil. A tecnologia pode parecer um pouco misteriosa, os termos podem ser desconhecidos e pode ser difícil obter conselhos com embasamento. Além disso, a compra de um sistema sem fio geralmente envolve valores significativos e há um desejo natural de fazer as escolhas certas. Felizmente, não é tão difícil como parece, principalmente se você estiver disposto a gastar alguns minutos para aprender os conceitos básicos.

O primeiro passo deve ser definir as suas necessidades. Ou seja, o que você vai fazer com o sistema? Quais são os usos esperados? O sistema será usado para espetáculos de música ao vivo, apresentações em empresas, cerimônias religiosas, teatro ou tarefas audiovisuais genéricas? Será usado principalmente para uma finalidade em um único local ou será usado para muitas tarefas e em diversos locais? Se for desempenhar muitas tarefas, quais são as mais importantes? Levar em conta essas questões não apenas ajudará na escolha sábia dos equipamentos, como também auxiliará na determinação dos recursos ou acessórios especiais que podem ser necessários.

Uma vez definidos os usos, pode-se considerar o tipo dos equipamentos necessários. A maioria das escolhas é óbvia depois que as exigências básicas forem identificadas. Os pontos principais a considerar estão descritos abaixo, juntamente com breves explicações, comentários e sugestões.


  • Qual nível de equipamento é necessário?
    Sistemas sem fio mais caros quase sempre oferecem operação de diversidade e têm melhor qualidade de som, alcance mais longo e mais recursos úteis. Circuitos mais sofisticados reduzem as possibilidades de interferência danosa e permitem que mais sistemas sejam usados em um determinado local. Sistemas mais caros podem oferecer também outras comodidades, como fontes de alimentação de energia internas, mais saídas de áudio, chaves de suspensão do terra, etc. Se a qualidade do áudio, o alcance operacional e a rejeição de interferência forem muito importantes, equipamentos de desempenho superior devem ser considerados.


  • A operação UHF, em comparação à VHF, é importante?
    Os sistemas VHF geralmente funcionam muito bem se for dado um pouco de atenção à escolha das freqüências. Existem algumas situações, no entanto, em que é preferível usar a operação em UHF. Isso inclui situações em que há muitos sistemas VHF presentes, situações em que certos tipos de interferência causam incômodo e algumas outras. Para obter mais informações, consulte UHF Versus VHF.


  • A operação de não-diversidade é uma opção aceitável?
    Essa decisão é muito simples: a diversidade deve ser usada sempre, a menos que exista um problema significativo de orçamento e que o alcance operacional seja curto. Para obter mais informações, consulte Diversidade versus não-diversidade.


  • Qual tipo de transmissor é necessário?
    Os sistemas sem fio estão disponíveis com transmissores body-pack ou de mão. Os transmissores de mão incluem em um único pacote o elemento do microfone e o transmissor de rádio e se parecem com os microfones de voz com fio. Os transmissores body-pack ficam alojados em invólucros finos e achatados e têm um conector para ligar um microfone externo. Geralmente, os transmissores de mão são a melhor opção para espetáculos vocais, entrevistas ao vivo e situações em que o transmissor é passado de pessoa para pessoa. Os transmissores body-pack são apropriados para a maioria das outras aplicações.


  • Para os transmissores body-pack, que tipo de microfone é necessário?
    Muitos tipos de microfone, inclusive vários tipos especializados, estão disponíveis para utilização com transmissores body-pack. Na maioria dos casos, porém, são usados pequenos microfones de lapela. Os microfones de lapela omnidirecionais são os mais comuns, mas há muitas situações em que os microfones direcionais oferecem melhores resultados. Para obter mais informações sobre os vários tipos de microfones, consulte Escolha de microfones para sistemas sem fio.


  • O transmissor será usado com um instrumento musical?
    Os transmissores body-pack podem ser usados com guitarras e com muitos instrumentos acústicos. Os transmissores que têm circuitos especiais para acomodar captadores de guitarra e outros tipos de captadores com finalidades específicas geralmente oferecem desempenho consideravelmente melhor do que os transmissores que não têm esses circuitos. Para obter mais informações sobre a utilização de sistemas sem fio com instrumentos musicais, consulte Utilização de instrumentos musicais com sistemas sem fio.


  • O sistema será usado para uma grande variedade de aplicações?
    Se sim, a escolha entre um transmissor body-pack e um transmissor de mão pode ser difícil. Há três soluções: comprar os dois tipos de transmissores e um receptor; comprar um sistema body-pack e um sistema de mão; ou comprar um transmissor body-pack, um cabo adaptador e um microfone com fio. A utilização de um cabo adaptador provavelmente é a mais barata, enquanto o custo adicional de um segundo sistema completo é a solução mais flexível, já que os dois sistemas podem ser usados ao mesmo tempo.


  • Quais recursos são necessários?
    Às vezes, a disponibilidade de um recurso específico é extremamente importante. Talvez haja necessidade de elementos de microfone intercambiáveis para o transmissor de mão ou talvez seja desejável ter a possibilidade de montar dois receptores lado a lado no espaço de uma única estante. Nesses casos, a disponibilidade do recurso deve ser confirmada antes de tomar a decisão final.


  • Quais acessórios são necessários?
    Os acessórios a serem considerados incluem kits de montagem de estantes, antenas remotas, peças para montagem de antenas, divisores de antenas, cabos coaxiais, cabos de áudio e cabos adaptadores, bolsas para transporte e espumas de vento.

Retornar ao sumário