Utilização de instrumentos musicais com sistemas sem fio

As vantagens da operação sem fio se estendem aos instrumentos musicais. Importantes cantores e artistas que também tocam guitarra acham natural usar sistemas sem fio em seus instrumentos. A maior liberdade de movimento é muito convidativa, assim como a oportunidade de melhorar o impacto visual e a emoção do espetáculo. Outros artistas têm acompanhado essa tendência, expandindo a operação sem fio a muitos tipos de instrumentos – elétricos, eletrônicos e acústicos. A crescente utilização da amplificação em instrumentos acústicos, como saxofones, também incentiva a sua utilização com sistemas sem fio.

Guitarras e outros instrumentos projetados para ser amplificados se conectam facilmente aos sistemas sem fio. Esses instrumentos têm captadores que funcionam bem com transmissores sem fio. Entretanto, é cada vez mais comum que pequenos teclados, violinos eletrônicos, sintetizadores e muitos outros tipos de instrumentos eletrônicos também usem sistemas sem fio. Instrumentos acústicos, como saxofones, trompetes e outros instrumentos de metal são freqüentemente equipados com microfones especiais que os adaptam para utilização com transmissores sem fio. Quase todos os instrumentos que podem ser carregados têm potencial para se beneficiar da operação sem fio.

Instrumentos com captadores magnéticos se adaptam bem ao uso com sistemas sem fio. A saída do captador é conectada à entrada de áudio do transmissor e a saída do receptor sem fio é conectada ao amplificador da guitarra ou ao processador de sinais. Entretanto, os captadores de instrumentos geralmente têm um nível de saída bastante alto e são concebidos quase sempre para funcionar com amplificadores de guitarras com alta impedância de entrada ("Hi-Z"). Se a saída do captador for conectada à entrada de microfone normal de baixa impedância no transmissor, é muito provável que haja sobrecarga e resposta de freqüência ruim. Por esse motivo, os transmissores body-pack da Audio-Technica incluem uma conexão de entrada de alta impedância independente.

A entrada de alta impedância é muito importante. O alto nível de saída do captador do instrumento provavelmente causará sobreexcitação do transmissor sem fio se aplicado à sua entrada de microfone, resultando em alta distorção e outros problemas. Pior do que isso, a carga excessiva no captador arruinará a resposta de freqüência do instrumento, causando péssima qualidade do som. A utilização da entrada de alta impedância independente evita esses problemas.

Guitarras e baixos não são os únicos instrumentos elétricos que podem ser usados facilmente com sistemas sem fio. O cabo adaptador que acompanha os sistemas para instrumentos sem fio da Audio-Technica também funciona bem com a maioria dos outros tipos de instrumentos eletrônicos. A maioria dos instrumentos desse tipo têm um jack de telefone de 1/4 de pol e uma saída de nível de linha que permite que o cabo adaptador se conecte corretamente. Juntamente com a entrada especial no transmissor body-pack, o cabo oferece a impedância de carga adequada para os instrumentos e ajuda a evitar que eles sobreexcitem o transmissor.

A utilização de sistemas sem fio com instrumentos acústicos, como instrumentos de sopro, metais e cordas está se tornando mais comum. Como os instrumentos são acústicos, é necessário um microfone ou um tipo especial de captador. Os microfones usados com instrumentos musicais, principalmente metais, precisam ser especialmente projetados para acomodar os níveis extremamente altos que estão presentes. A Audio-Technica oferece microfones com garra para instrumentos musicais para essa finalidade. Em geral, os microfones miniatura convencionais usados com transmissores sem fio sofrem séria sobrecarga se forem usados com instrumentos de alto SPL.

Várias empresas oferecem captadores especializados para vários tipos de instrumentos acústicos. Muitos tipos diferentes de transdutores são usados nesses dispositivos, cada um com diferentes níveis de saída e exigências de carga. Na sua maior parte, porém, eles têm uma saída parecida com a de um microfone ou de um captador de guitarra. Os captadores que exigem energia externa não funcionam diretamente com os transmissores da Audio-Technica, a menos que tenham sua própria fonte de bateria. Os fabricantes de captadores devem ser capazes de informar sobre as exigências de nível de saída e impedância de carga.

Às vezes, os artistas usam um microfone de cabeça para a voz, deixando as mãos livres para tocar um instrumento. Quando se utilizam dois transmissores sem fio, eles não devem ser colocados lado a lado, nem empilhados um em cima do outro. Quando os transmissores ficam muito próximos, a saída de RF (radiofreqüência) de um deles pode afetar o outro, causando interferência inesperada. Os transmissores devem ficar afastados pelo menos 25 cm e os cabos não devem ser amarrados juntos.

Retornar ao sumário